47 3371.2340

47 3275.2215

Emergência

47 98462.7342

47 99274.6781

Notícias

Vacinação de cães e gatos é mesmo importante?

05/03/2020

É fundamental levantar a bandeira da importância da vacinação nos pets em tempos de epidemias e regresso de doenças que até então estavam praticamente erradicadas nos humanos. Mas o que isso tem a ver? Muito! Usando exemplos humanos, pode ficar mais fácil entender a relevância da imunização nos animais.

As doenças contagiosas se espalham com uma rapidez exorbitante e, às vezes, sofrem mutações que as deixam mais resistentes. Basta um pequeno deslize ou uma exposição inesperada e inevitável para doenças se difundirem. Muitas delas poderiam ser evitadas com as vacinas e cuidados adequados.

Para os pets, funciona da mesma forma. Independentemente da raça, se não forem vacinados, todos eles estão sujeitos a enfermidades que podem ser letais. Isso se aplica inclusive a SRDs que erroneamente são taxados de “mais resistentes” e a cães e gatos que ficam apenas em casa (o pet pode até ficar em casa, mas os humanos entram e saem).



A vacinação para cães e gatos faz parte da tutela responsável. Ela preserva a saúde do animal e até mesmo evita o contágio de humanos nas doenças transmissíveis interespécie.

As mais importantes são as vacinas antirrábica e a polivalente (chamada de V10). A primeira, como o nome propõe, serve para defesa contra a raiva; e a segunda evita uma série de doenças, como a parvovirose, leptospirose, cinomose, coronavirose e outras em cães, e a rinotraqueíte infecciosa felina, leucemia felina, clamidiose e demais em gatos.

A V10 pode ser aplicada entre os 45 e 60 dias de vida dos cães e a partir dos 60 dias de vida dos gatos. Já a antirrábica é indicada a partir do terceiro mês de vida das duas espécies. O reforço é anual e costuma ser bastante tranquilo.

Apesar do dó de ver seu amiguinho levando uma vacina, quando aplicada por um veterinário capacitado elas costumam ser pouco doloridas, não apresentam reações (a não ser em caso de animais mais sensíveis, que podem ter quadros leves de febre, apatia e falta de apetite) e com certeza serão milhares de vezes menos incômodas do que as doenças que previnem.



Então, sim, a vacinação de cães e gatos é mais do que importante, é fundamental, um ato de amor e questão de saúde pública! Elas são uma das práticas mais importantes de cuidados de saúde preventivos, que também incluem outras medidas, como castração, estilo de vida, checkups, ambiente adequado no cotidiano e afins.

Para tranquilidade do tutor e bem-estar do pet, procure sempre um veterinário de confiança, que esteja à disposição para tirar todas as suas dúvidas e explicar todos os detalhes sobre a vacinação.

O Hospital Veterinário Amizade está localizado em Jaraguá do Sul e tem atendimento 24h, além de médicos-veterinários de diversas especialidades. Conheça mais!

Voltar